Dicas de saúde

Distúrbios do sono

Postagem: 18 de dezembro de 2017


Estudos do Instituto Brasileiro do Sono apontam que 63% dos brasileiros têm dificuldade para dormir. Esses distúrbios estão relacionados a diversos fatores, como interrupções respiratórias, doenças sociais, problemas crônicos, estresse e ansiedade.

 

Caso sinta cansaço constante, mesmo que durma por muitas horas, é fundamental consultar um médico para que ele possa fazer o diagnóstico correto. Antes disso, ele pode pedir o exame de polissonografia – aquele em que você dorme com sensores fixados ao corpo.

 

O tratamento muitas vezes demora para fazer efeito, mas vale a pena insistir. Conheça os distúrbios de sono mais comuns.

 

Pernas inquietas: vontade constante de movimentar as pernas, principalmente à noite, quando o corpo está relaxado. O tratamento consiste no uso de medicamentos de acordo com as necessidades de cada paciente.

 

Sonambulismo: consiste em sentar e falar na cama ou até caminhar de olhos abertos, mas sem se lembrar do que aconteceu ao acordar. O tratamento é muito específico, uma vez que o sonambulismo pode acarretar em outras patologias neurológicas.

 

Insônia: trata-se de um sintoma e não de uma doença, como a maioria pensa. Entre os fatores que podem causar insônia, estão ambiente conturbado para dormir, consumo de álcool, tabagismo, ingestão de bebidas com cafeína e estimulantes mentais, além da prática de atividades físicas próximas ao horário de dormir. Indutores ao sono, antidepressivos e até psicoterapia ajudam a resolver o problema.

 

Apneia do sono: tem como características sonolência, dificuldade de concentração, irritabilidade, diminuição da libido, ronco e sudorese. Dependendo do nível da doença, pode ser tratada com técnicas para melhorar o sono e as vias aéreas.