Vem Viver

Vem dançar

Postagem: 18 de outubro de 2017


Quem dança seus males espanta, já diz o ditado. E ele tem razão: dançar é um hábito que faz bem tanto para o corpo quanto para a alma. Inúmeros estudos já mostraram que sacudir o esqueleto ajuda a emagrecer, aumenta a autoestima, fortalece a musculatura e combate a depressão. O melhor de tudo é que existem inúmeras aulas misturando música e coreografias diversas para se mexer e se divertir ao mesmo tempo. Confira algumas delas.

 

Do clássico ao moderno

Que tal usar os movimentos do balé clássico para perder peso e ganhar tônus muscular? Essa é a proposta do Ballet Fitness, modalidade que conquista novos adeptos a cada dia e chega a queimar mil calorias em apenas uma hora de aula. Além de auxiliar na perda de peso, a modalidade melhora a postura e pode ser feita até por quem nunca praticou balé.

 

Também inspirada na dança clássica, o Barre Fit é feito na barra (geralmente instalada junto ao espelho para dar apoio aos dançarinos) que mistura passos do balé com movimentos da ioga, do pilates e exercícios funcionais. Toda coreografada, a aula tem duração de uma hora e pode queimar até 600 calorias.

 

Sensualidade à flor da pele

A união de passos do jazz com os sapatos de salto alto originou o Stiletto, modalidade de dança criada especialmente para quem adora esse tipo de calçado. O desafio é físico: de salto alto, a postura muda, os movimentos ficam mais difíceis e é preciso mais cuidado para manter o equilíbrio. Por ter um lado sensual, mexe com o psicológico dos alunos. Eles se sentem mais confiantes e vemos que é um tipo de dança que aumenta a autoestima.

 

História e cultura

Figurinos voluptuosos, cores vivas e as famosas castanholas dão a identidade do flamenco, modalidade que esbanja sensualidade e força. Nas aulas, que podem queimar até 400 calorias, o foco fica nos movimentos dos pés e na postura imponente. “É um ritmo conhecimento principalmente por ser bem marcado, pela guitarra espanhola e pela delicadeza das mãos”, afirma Karina Maganha, professora e diretora artística.

 

Dançando até o chão

Misturando funk, pagode e até sertanejo, a aula Ritmos Cariocas tem passos inspirados na lambaeróbica e usa como trilha sonora as músicas que estão tocando na noite. A aula faz sucesso principalmente por ter uma coreografia rápida e fácil de pegar, que estimula a sensualidade com movimentos como rebolado e agachamento. A intensidade é alta: em 45 minutos é possível eliminar até 500 calorias.

 

Cuidados especiais

Se você já passou por cirurgias no quadril ou no joelho e ainda tem algum problema de coluna ou nas articulações, é importante falar com o professor antes de iniciar qualquer modalidade.

 

Vale lembrar que é fundamental passar por uma avaliação médica para saber se está apto para a dança e sempre ter o acompanhamento de um especialista para garantir os resultados esperados e evitar lesões.