Dicas de saúde

Perigos da pisada torta

Postagem: 14 de outubro de 2017


A pisada é o movimento que o pé faz quando damos um passo. Estima-se que 45% da população brasileira pisa de forma neutra e sem desvios. Do grupo restante, 50% se enquadram no tipo pronada, quando o pé faz o movimento para dentro. Os 5% que restaram fazem parte da categoria supinada, em que o movimento é feito para fora.

Entre os fatores da pisada torta, estão: pé muito plano (também conhecido como pé chato), pé cavo (arco plantar excessivamente alto), fraqueza e inativação dos músculos do pé e do tibial posterior, além do alinhamento inadequado dos joelhos.

Quem não pisa adequadamente pode apresentar problemas, como dores na frente ou nas laterais dos joelhos e dos tornozelos, fascite plantar e desequilíbrio postural, o que poderá provocar dores nas costas, especialmente na região lombar.

Para obter o diagnóstico, é preciso passar por um exame físico realizado por ortopedistas. O desvio pode ser corrigido com o uso de palmilhas, que darão conforto na hora de caminhar. Em alguns casos, pode ser necessário um procedimento cirúrgico.